Marketing SEO

Marketing SEO é uma parte essencial do marketing online. SEO é também conhecido como otimização dos motores de busca. Otimizar um sítio Web para motores de pesquisa como o Google, de modo a torná-lo mais fácil de encontrar nos resultados de pesquisa. Isto traz mais tráfego para o sítio Web. Neste artigo, abordarei o conteúdo do marketing de SEO e por que razão é importante para um sítio Web.

O que é o marketing SEO?

O marketing SEO inclui todas as acções realizadas para otimizar o conteúdo em linha ou um sítio Web. O objetivo é melhorar a visibilidade e a classificação nas páginas de resultados dos motores de busca (SERPs) para palavras-chave e frases específicas(1).

O marketing SEO tem como objetivo obter mais tráfego e de melhor qualidade para um sítio Web. Isto é feito através de motores de busca como o Google, o Bing ou o Yahoo. Para obter os melhores resultados, utiliza uma combinação de otimização on-page e off-page.

A otimização na página refere-se ao conteúdo, à estrutura e ao HTML de um sítio Web. A otimização fora da página diz respeito às acções que não são realizadas no próprio sítio Web. É tudo uma questão de obter backlinks de alta qualidade. A criação de mais envolvimento nas redes sociais também desempenha um papel importante.

Resumo do marketing SEO

O vídeo abaixo resume claramente o significado de marketing SEO.

A ligação entre os motores de busca e o marketing SEO

O marketing SEO está fortemente relacionado com os motores de busca como o Google. Os motores de busca utilizam algoritmos complexos para indexar e classificar os sítios Web. Vários factores desempenham um papel neste processo, como a relevância, a autoridade e a facilidade de utilização.

Para saber como funciona o marketing SEO, é importante começar por compreender bem o funcionamento dos motores de busca. Quando alguém submete uma consulta a um motor de busca, por exemplo, “restaurante Amesterdão”, o motor de busca começa a pesquisar o seu índice. O motor de busca apresenta os resultados mais relevantes no topo das páginas de resultados de pesquisa (SERPs). O marketing SEO visa otimizar um sítio Web. Desta forma, o sítio Web terá uma classificação mais elevada no Google ou noutros motores de busca para pesquisas relevantes(vê um artigo sobre este processo aqui).

Os motores de busca têm em conta um grande número de factores diferentes para classificar os sítios Web. Assim, a relevância do conteúdo e a qualidade das ligações de entrada desempenham um papel importante. Também é importante a rapidez de um sítio Web e se este é móvel e de fácil utilização.

O custo do marketing SEO

O marketing SEO requer tempo e um certo investimento. Também requer competências. O marketing SEO não tem necessariamente de ser dispendioso. É possível implementar estratégias de marketing SEO eficazes sem incorrer em custos de publicidade nos motores de busca. Este é um investimento em SEO orgânico – ou não pago.

Se ninguém dentro de uma organização tiver conhecimentos ou competências suficientes para realizar a otimização SEO por si próprio, é aconselhável contratar um especialista ou uma agência SEO profissional. Isto tem um custo. O montante do custo depende da dimensão do sítio Web e da otimização necessária. Vê também o meu artigo sobre o custo da SEO (depende muito do objetivo da organização qual é o custo do processo de SEO).

Existem também métodos de marketing pagos, como a publicidade nos motores de busca (SEA) e as promoções pagas nas plataformas de redes sociais, que ajudam a otimizar um sítio Web. Para tal, é necessário pagar para obter uma posição mais elevada nos resultados da pesquisa ou para promover conteúdos para públicos específicos. Os métodos pagos são adequados para quem procura uma forma rápida de aumentar a visibilidade do seu sítio Web. Os métodos de SEO pagos são geralmente mais caros do que a SEO orgânica.

Responder ao algoritmo do motor de busca para uma melhor classificação

Uma boa estratégia de marketing SEO pode ter um grande impacto na classificação de um sítio Web. O marketing SEO tem como objetivo ajudar o motor de busca a compreender o conteúdo de uma página. Tem também como objetivo fornecer conteúdos relevantes aos utilizadores da Internet que procuram determinadas informações. No marketing SEO, os motores de busca não são manipulados. Trata-se de um método para aumentar a relevância e o valor do conteúdo para os utilizadores.

Os motores de busca consideram certas estratégias como manipulação. Estas são as chamadas técnicas de SEO de “chapéu preto”. Alguns exemplos são o keyword stuffing, cloaking ou backlinks comprados. Os exemplos acima referidos não só são pouco éticos, como também conduzem a penalizações por parte dos motores de busca. Isto afecta negativamente a classificação e a visibilidade de um sítio Web.

As técnicas de SEO “chapéu branco” são técnicas que os motores de busca valorizam. Um marketing SEO com estes métodos optimiza o conteúdo de um sítio Web de forma ética. Desta forma, os motores de busca compreendem melhor o que um sítio Web tem para oferecer. Isto garante que um sítio Web se apresenta melhor aos utilizadores da Internet que procuram determinadas informações.

Três pilares em SEO

Existem três pilares principais no âmbito da SEO: SEO técnico, criação de conteúdos e construção de ligações. Os pilares são abordados em pormenor mais adiante.

SEO técnico

A SEO técnica consiste em otimizar os aspectos técnicos de um sítio Web. A SEO técnica ajuda a tornar um sítio web mais amigo dos motores de busca. Este facto tem um impacto positivo na visibilidade e na classificação nos resultados da pesquisa orgânica. Seguem-se alguns exemplos de como a SEO técnica pode ser aplicada:

  • Melhora a velocidade do sítio Web: A velocidade do sítio Web é importante tanto para os utilizadores como para os motores de busca. A velocidade pode ser melhorada de várias formas. Por exemplo, ajuda a reduzir o tamanho das imagens e dos vídeos, a minimizar os ficheiros HTML, CSS e JavaScript e a reduzir os redireccionamentos(2).
  • Utilizar um certificado SSL: um certificado SSL garante que a ligação entre o sítio Web e o utilizador é segura. Este é um sinal positivo para os motores de busca. Um sítio Web com um certificado SSL pode ser reconhecido por “https” no URL. Os sítios Web sem um certificado SSL começam com “http” no URL(3).
  • Otimizar a arquitetura do sítio Web: a arquitetura de um sítio Web é a forma como as páginas do sítio Web estão estruturadas e organizadas. Se esta arquitetura for optimizada, os motores de busca podem indexar mais facilmente um sítio Web. Certifique-se de que um sítio Web tem uma disposição lógica e hierárquica e uma estrutura clara de ligações internas.
  • Dados estruturados: os dados estruturados, incluindo a marcação schema.org, permitem aos motores de busca compreender melhor o conteúdo de um sítio Web. Desta forma, apresentam melhor os resultados da pesquisa e são legíveis da melhor forma para os utilizadores. Os dados estruturados têm um efeito positivo na visibilidade do sítio web nos resultados de pesquisa(4).
  • Boa apresentação no telemóvel: cada vez mais pessoas fazem as suas pesquisas no telemóvel. Por conseguinte, é essencial ter um sítio Web adaptado aos telemóveis. Os motores de busca classificam os sítios Web compatíveis com dispositivos móveis como mais bem classificados nos resultados de pesquisa para dispositivos móveis(5).
  • Ficheiros robots.txt e sitemap.xml: os ficheiros robots.txt e sitemap.xml ajudam os motores de busca a localizar e indexar um sítio Web. Os ficheiros Robots.txt dão instruções aos motores de busca. Isto esclarece quais as páginas que os motores de busca podem ou não rastrear. Os ficheiros Sitemap.xml contêm uma lista de todas as páginas de um sítio Web para serem indexadas pelos motores de pesquisa(6).

Assim, a SEO técnica envolve uma vasta gama de aspectos técnicos. Uma SEO técnica optimizada aumenta a visibilidade e a classificação de um sítio Web nos motores de busca. Tal como a SEO normal, a SEO técnica é também um processo contínuo.

Controla-o regularmente e, se necessário, ajusta-o. Esta é a melhor forma de se manter em conformidade com os algoritmos em constante mudança dos motores de busca. Isto permite que um sítio Web mantenha uma posição favorável nos resultados da pesquisa orgânica.

Conteúdo de qualidade

O conteúdo é também uma parte importante da SEO. O conteúdo indica aos motores de busca qual é o conteúdo de um sítio Web. Além disso, fornece informações relevantes e valiosas aos utilizadores.

O conteúdo deve ser de alta qualidade e de qualidade. Optimize não só o conteúdo textual, mas também o multimédia, incluindo imagens e vídeos. Utilize palavras-chave que sejam relevantes para o público-alvo. É importante incorporar palavras-chave de forma natural no conteúdo.

A partilha de conteúdos valiosos e relevantes – artigos de blogues, vídeos ou infográficos – pode contribuir para a SEO fora da página. Isto aumenta as hipóteses de obter backlinks de qualidade e um maior envolvimento nas redes sociais. Para isso, vê também a minha página sobre a realização de uma análise de conteúdos SEO.

Escrever conteúdos SEO valiosos

Para escrever conteúdos valiosos para SEO, é necessário um bom equilíbrio entre a relevância para o público-alvo e a otimização para os motores de busca. Seguem-se algumas dicas para criar conteúdo valioso e relevante para SEO.

  1. Realizar uma pesquisa de palavras-chave: a pesquisa de palavras-chave pode revelar quais são as palavras-chave relevantes para o público-alvo. Estas palavras-chave devem ser utilizadas no conteúdo.
  2. Foco na qualidade: criar conteúdo de alta qualidade que seja útil e relevante para o público-alvo. O conteúdo deve ser informativo e bem escrito.
  3. Escrita de conteúdos longos: escrever conteúdos longos, com mais de 1000 palavras, pode aumentar a classificação nos resultados da pesquisa orgânica. No entanto, a relevância e a qualidade do conteúdo continuam a ser os factores mais importantes(7).
  4. Otimizar o título e a meta descrição: Adicione palavras-chave relevantes no título e na meta descrição. Isto torna uma página mais atractiva tanto para os visitantes como para os motores de busca(8).
  5. Utilização de subtítulos: os subtítulos dão estrutura ao conteúdo. Os visitantes e os motores de busca podem assim analisar e ler o conteúdo mais facilmente.
  6. Adicionar elementos visuais: as imagens e os vídeos tornam o conteúdo mais atrativo. Também aumentam o envolvimento dos leitores.
  7. Escreva para o utilizador, não para os motores de busca: crie conteúdos que acrescentem valor ao seu público-alvo e não se concentre apenas nos motores de busca. Um bom estilo de escrita e um conteúdo compreensível são importantes.
  8. Adicionar ligações internas: as ligações internas a outros conteúdos são um elemento importante de um sítio Web bem sucedido. As ligações internas oferecem 2 benefícios: aumentam a participação dos leitores e melhoram a navegação num sítio Web.
  9. Promover o conteúdo: é necessário promover o conteúdo nas redes sociais e noutros canais. Desta forma, aumenta o alcance e traz mais tráfego para um sítio Web.

Criação de ligações

A construção de ligações é uma técnica de SEO fora da página. Outros sítios Web podem estabelecer ligações ao sítio Web de uma empresa. A construção de ligações aumenta a autoridade e a credibilidade de um sítio Web. Isto torna um sítio Web mais visível. Também terá uma classificação mais elevada nos resultados da pesquisa orgânica.

Seguem-se exemplos de formas de obter link building:

  1. Ligações naturais: as ligações naturais são ligações que outros sítios Web colocam num sítio Web por sua própria iniciativa. Isto acontece quando consideram o conteúdo relevante.
  2. Divulgação: refere-se à abordagem ativa de outros sítios Web. Pedir a um sítio Web que estabeleça uma ligação ao mesmo. Para tal, contacte webmasters, bloggers e jornalistas, por exemplo.
  3. Blogues de convidados: escrever artigos de convidados pode levar a mais ligações para o sítio Web.
  4. Troca de ligações: trata-se de trocar ligações para os sítios Web uns dos outros. Ambas as partes ganham com isso.

Nem todas as hiperligações têm o mesmo valor. A qualidade das ligações é avaliada pelos motores de busca com base em vários factores. Entre outras coisas, são avaliadas a relevância e a autoridade da página de ligação e o texto âncora utilizado (o texto utilizado para descrever uma página).

Como pode recolher backlinks?

Os backlinks são ligações que apontam para um sítio Web a partir de outros sítios Web. Os backlinks são também designados por “ligações de entrada”. Estas ligações são um fator importante para os motores de busca determinarem a autoridade e a credibilidade de um sítio Web(9).

No entanto, a qualidade não é a mesma para todas as ligações. A autoridade e a relevância de um sítio Web de ligação são muito importantes. Os pontos abaixo são exemplos de factores com base nos quais os motores de busca avaliam a qualidade dos backlinks:

  • relevância dos links: um backlink proveniente de um site relevante para o tema tem mais valor.
  • Autoridade do sítio Web: os backlinks de sítios Web com elevada autoridade são mais valiosos do que os links de sítios Web menos conhecidos. Backlinks de sites de notícias ou universidades são alguns exemplos de sites de alta autoridade.
  • Texto âncora: o texto âncora de um backlink determina o valor desse backlink. Um texto âncora é o texto que outro sítio Web utiliza para ligar a uma página.
  • O número de backlinks: o número de backlinks que apontam para um sítio Web pode aumentar a sua autoridade. No entanto, os backlinks devem sempre conter conteúdo de alta qualidade para obter uma classificação mais elevada dos motores de busca.

Os backlinks podem ser obtidos das seguintes formas(para isso, vê também o meu artigo sobre como obter backlinks).

  • Criar conteúdo valioso: publicar conteúdo valioso e relevante num sítio Web para obter mais backlinks. É mais provável que outros sítios Web liguem a sítios Web com conteúdos úteis e informativos.
  • Divulgação: contactar webmasters, bloguistas e jornalistas activos no seu sector pode levar a mais backlinks. Pergunte-lhes se querem criar uma ligação ao sítio Web. Abordar os potenciais parceiros de uma forma pessoal. As pessoas contactadas também são importantes; devem ser indivíduos de empresas ou sítios Web específicos e relevantes.
  • Blogues convidados: escrever artigos convidados para outros sítios Web do mesmo sector. Remeter através de uma ligação para o seu próprio sítio Web. Isto conduz a um maior número de visitantes.
  • Redes sociais: as redes sociais são excelentes para promover conteúdos. Adicionar uma hiperligação para o sítio Web nas informações do perfil. Isto não só traz mais visitantes ao sítio Web, como também é uma forma eficaz de obter mais backlinks.
  • Troca de ligações: trocar ligações com outros sítios Web do mesmo sector.
  • Conteúdo de marca: é fundamental criar conteúdo de marca valioso com uma menção à marca e ao sítio Web. Pense em infografias ou livros brancos. Isto pode incentivar outras pessoas a consultar o sítio Web.
  • Referências: verificar se outros sítios Web mencionam a marca. Se for esse o caso, peça-lhes que estabeleçam uma ligação ao sítio Web.

É preciso tempo e esforço para obter backlinks. O mais importante é sempre recolher backlinks de alta qualidade de sites relevantes e fiáveis. Devem ser evitadas técnicas de “chapéu preto”, como a compra de backlinks. Estes causam efetivamente penalizações nos motores de busca.

Monitorização de SEO

Uma parte importante do marketing de SEO é a monitorização do desempenho de um sítio Web. Existem várias ferramentas para o efeito:

  1. Google Analytics: este serviço gratuito de análise da Web da Google pode medir e analisar o tráfego de um sítio Web. Cria estatísticas importantes, incluindo o número de visitas, a taxa de rejeição e a duração média da sessão dos visitantes.
  2. Google Search Console: esta é uma ferramenta gratuita do Google. Isto ajuda a gerir um sítio Web. Contribui também para a otimização dos motores de busca. A Consola de Pesquisa do Google fornece informações sobre o desempenho da pesquisa. Entre outras coisas, são medidos o número de cliques, as impressões e a posição média nos resultados da pesquisa. A Consola de Pesquisa do Google também ajuda a resolver problemas técnicos com um sítio Web.
  3. Rastreadores de classificação: Os rastreadores de classificação permitem acompanhar a classificação de um sítio Web para palavras-chave específicas. Existem versões gratuitas e pagas. Alguns exemplos de localizadores de classificação bem conhecidos são SEMrush, Ahrefs e SERPWatcher.
  4. Análise de backlinks: a qualidade e a relevância dos backlinks devem ser controladas. Existem várias ferramentas adequadas para o efeito, como o Ahrefs, o Majestic e o Moz.
  5. Velocidade do sítio Web e facilidade de utilização em dispositivos móveis: a velocidade de um sítio Web e a facilidade de utilização em dispositivos móveis têm um grande impacto no desempenho de SEO. Para medir estes aspectos, são adequadas ferramentas como o Google PageSpeed Insights e o Google Mobile-Friendly Test. Se estivermos conscientes das áreas de preocupação, também é possível melhorá-las.

Para que sítios Web é adequado o marketing SEO?

O marketing SEO pode ser aplicado a quase todos os tipos de sítios Web – desde um pequeno blogue ou sítio Web pessoal a um grande sítio Web de uma empresa ou loja de comércio eletrónico. A SEO pode dar um contributo importante para a capacidade de encontrar um sítio Web. Isto ajuda a reforçar a sua presença em linha. Também torna um sítio Web mais fácil de encontrar nos motores de busca.

O marketing SEO ajuda a atingir um público-alvo e assegura o crescimento em linha de todos os tipos de sítios Web – desde os proprietários de uma empresa local até aos empresários que operam a nível mundial. Os aspectos mais importantes continuam a ser a criação de conteúdos valiosos, a otimização de um sítio Web e a construção de ligações de alta qualidade. O marketing SEO é uma estratégia de marketing eficaz e sustentável para todos os tipos de sítios Web.

SEO para sítios Web locais

A SEO pode ser utilizada de várias formas para sítios Web locais. Estes são exemplos de métodos habitualmente utilizados:

  1. Palavras-chave locais: as palavras-chave locais no conteúdo e nas meta tags são muito importantes. Estes asseguram que um sítio Web é apresentado nos resultados da pesquisa local. Por exemplo, utilize palavras-chave como “restaurantes em Amesterdão” em vez de um termo de pesquisa geral como “restaurantes”.
  2. Google My Business: registar uma empresa no Google My Business. Preencher todas as informações na íntegra. Desta forma, um sítio Web é mais facilmente encontrado nas pesquisas locais. Além disso, este é um bom local para partilhar informações úteis sobre a empresa (por exemplo, endereço, número de telefone, horário de funcionamento e fotografias).
  3. Directórios locais: registar uma empresa nos directórios locais. Yelp ou Tripadvisor são alguns exemplos.
  4. Criação de ligações locais: criar ligações com sítios Web e blogues locais. Isto melhora a SEO local. Contactar empresas e organizações locais e perguntar se gostariam de colocar uma hiperligação para o sítio Web.
  5. Comentários: peça aos clientes que escrevam comentários no Google My Business e noutros sítios de comentários. Isto não só contribui para uma melhor SEO local, como também conduz a uma reputação em linha melhor e mais fiável.
  6. Conteúdo local: criar conteúdo relativo a tópicos e eventos locais. Alguns exemplos são festivais ou atracções próximas. Desta forma, o sítio Web receberá mais tráfego local e o SEO melhorará.

Concentre a estratégia de SEO local na atração de visitantes locais. As palavras-chave locais, o Google My Business, os directórios locais, a criação de ligações locais, as críticas e o conteúdo local contribuem para uma melhor SEO local. A otimização da SEO local conduz a um maior número de visitantes direccionados para um sítio Web.

SEO para sítios Web internacionais

A SEO também pode ser adequada para sítios Web internacionais. Pode ajudar a tornar um sítio Web mais visível para diferentes países e línguas. Por exemplo, utilize os métodos abaixo para o fazer:

  1. Palavras-chave internacionais: utilize palavras-chave relevantes para o público-alvo específico em diferentes países e línguas. Para determinar as palavras-chave correctas, é importante realizar uma pesquisa de palavras-chave. Preste atenção aos costumes e à língua de pesquisa locais.
  2. Nome de domínio internacional e estrutura de URL: é importante utilizar um nome de domínio internacional e uma estrutura de URL. Isto optimizará melhor um sítio Web para pesquisas internacionais. Por exemplo, opte por ccTLDs (domínios de topo com código de país), como .de para a Alemanha e .fr para a França.
  3. Conteúdo optimizado para diferentes línguas: o conteúdo de um sítio Web deve ser optimizado para diferentes línguas. As palavras-chave locais contribuem para isso. Além disso, o conteúdo deve ser traduzido para a língua do país em causa.
  4. Etiquetas hreflang: as etiquetas hreflang informam os motores de busca sobre a língua e o país para os quais as páginas foram criadas. Os motores de busca compreendem assim melhor quais as páginas a apresentar nos resultados de pesquisa em países e línguas específicos(10).
  5. Utilizar backlinks locais: Obter backlinks locais de diferentes países para ganhar visibilidade e autoridade em diferentes países.
  6. Utilizar as redes sociais locais: os canais das redes sociais locais são uma plataforma adequada para dar a conhecer uma marca e um sítio Web. Desta forma, o desempenho de SEO é aumentado nos países em que um sítio Web opera.

Adaptar uma estratégia internacional de SEO às necessidades e hábitos dos públicos-alvo em diferentes países e línguas. Utiliza palavras-chave internacionais, um nome de domínio e uma estrutura URL internacionais, conteúdos optimizados para diferentes línguas, etiquetas hreflang, backlinks locais e redes sociais locais para melhorar a SEO internacional.

SEO vs SEA

SEO (Search Engine Optimisation) e SEA (Search Engine Advertising) são dois métodos para obter mais tráfego para um sítio Web. No entanto, a forma como o fazem e os custos associados são diferentes.

A SEO tem tudo a ver com a melhoria dos resultados da pesquisa orgânica. Estes são os resultados de pesquisa não pagos. Para isso, optimize o conteúdo, a estrutura e o código HTML do sítio Web e crie backlinks e envolvimento nas redes sociais. A SEO garante que um sítio Web se torne mais visível e tenha uma classificação mais elevada nos resultados de pesquisa. Não há necessidade de pagar por espaço publicitário nos motores de busca.

O SEA envolve o pagamento de anúncios nos motores de busca com o objetivo de obter uma classificação mais elevada nos resultados da pesquisa. Para tal, é necessário pagar um determinado montante por cada clique no anúncio. O aspeto do pagamento é a maior diferença em relação à SEO. O SEA visa obter resultados directos nos resultados de pesquisa.

Estas são as principais diferenças entre SEO e SEA:

  • Custo: A SEO é normalmente mais barata do que a SEA. Com a SEO, um sítio Web não paga por anúncios.
  • Tempo: com a SEO, é necessário mais tempo para obter resultados. O SEA, por outro lado, garante resultados rápidos.
  • Sustentabilidade: os resultados da SEO são geralmente mais duradouros; mantêm o seu impacto durante mais tempo do que os resultados da SEA. As optimizações têm um impacto mais permanente no sítio Web. No caso da AAE, é necessário pagar para manter os resultados da AAE.

Tanto a SEO como a SEA têm como objetivo gerar tráfego para um sítio Web. Embora ambas as formas sejam eficazes, existem diferenças na forma de atingir os objectivos. A principal diferença diz respeito aos custos. Escolha o método que melhor se adapta à sua empresa, bem como ao seu orçamento.

Marketing SEO: um processo sustentável

A SEO centra-se principalmente no longo prazo. Por conseguinte, os resultados não serão imediatamente visíveis. O momento em que estes são visíveis varia consoante a situação. Depende também de vários factores, tais como:

  1. Concorrência: quanto maior for a concorrência no mercado, mais tempo será necessário para ver os resultados dos esforços de SEO.
  2. Dificuldade da palavra-chave: a utilização de palavras-chave com elevada concorrência e dificuldade pode levar a que os resultados só sejam vistos mais tarde.
  3. Aspectos técnicos do sítio Web: os problemas técnicos de um sítio Web afectam os resultados de SEO. Por isso, resolva estes problemas rapidamente.

Pode levar vários meses ou mesmo um ano para ver os resultados dos esforços de SEO. Por isso, é necessário ter alguma paciência. Além disso, monitorizar regularmente a estratégia e efetuar ajustamentos sempre que necessário.

A SEO é um processo contínuo. Os resultados dos seus esforços de SEO mudam devido a alterações no algoritmo de pesquisa dos motores de busca, a alterações no mercado ou a alterações na concorrência. Para acompanhar os resultados, a monitorização é fundamental.

Resumo

O marketing SEO é uma parte indispensável da estratégia de marketing em linha. Isto aplica-se a todos os sítios Web. Para otimizar o marketing SEO, é importante utilizar as técnicas correctas. Optimize os aspectos técnicos, crie conteúdos valiosos e obtenha ligações de alta qualidade.

A SEO é um processo contínuo e não um investimento pontual. Continue a monitorizar os resultados e faça os ajustamentos necessários. Deste modo, é possível aumentar a presença em linha e o conhecimento da marca. Isto pode levar a mais conversões e receitas.

Senior SEO-specialist

Ralf van Veen

Senior SEO-specialist
Five stars
Obtenho um 5.0 no Google em 75 revisões

Há 10 anos que trabalho como especialista independente em SEO para empresas (nos Países Baixos e no estrangeiro) que pretendem obter uma classificação mais elevada no Google de uma forma sustentável. Durante este período, prestei consultoria a marcas de renome, criei campanhas internacionais de SEO em grande escala e orientei equipas de desenvolvimento globais sobre otimização de motores de busca.

Com esta vasta experiência em SEO, desenvolvi o curso de SEO e ajudei centenas de empresas a melhorar a sua capacidade de serem encontradas no Google de uma forma sustentável e transparente. Para isso, pode consultar o meu portefólio, referências e colaborações.

Este artigo foi originalmente publicado em 27 Março 2024. A última atualização deste artigo foi em 30 Maio 2024. O conteúdo desta página foi escrito e aprovado por Ralf van Veen. Saiba mais sobre a criação dos meus artigos nas minhas directrizes editoriais.