SEO UPdate #19 | 01/04/2022

Bem-vindo à décima nona atualização da SEO-land. Sou Ralf van Veen, especialista em SEO na minha própria empresa, e tenho o prazer de escrever estas actualizações para si. Começamos hoje com as notícias rápidas, boa leitura!

O ritmo acelerado das notícias de hoje

As notícias rápidas da área de SEO, apresentadas ponto a ponto.

  • John Mueller confirma que um atributo nofollow não reduz o valor de uma ligação, mas que não é fornecido qualquer valor com este atributo. Alguns especialistas em SEO indicaram que pensavam que as hiperligações Nofollow ainda teriam algum valor, mas não é bem assim.
  • Atualmente, nota-se uma grande volatilidade no SERP. Veja a captura de ecrã abaixo de Glenn Gabe.
  • O Google apresenta agora mensagens como “voltar mais tarde” e “verificar a fonte” para indicar que, para determinadas pesquisas, os resultados estão a melhorar numa altura posterior (com notícias) ou que determinados resultados não têm boas fontes.
  • Atualização do GDS. O Google Data Studio suporta agora dados do Google News Traffic a partir da Consola de Pesquisa do Google. Não sei quantos sites irão beneficiar com isto, mas não deixa de ser uma boa atualização.
  • Para a janela de conhecimento local no SERP, o Google pode agora traduzi-la para diferentes línguas.
  • Com o MUM, a Google está a melhorar a capacidade de reconhecer quando uma pessoa está em perigo. Se estiver a atravessar uma crise pessoal e pesquisar algo no Google sobre esse assunto, o Google mostrará automaticamente um SERP mais relevante.
  • O BERT está agora também a ser utilizado para não mostrar conteúdos que possam ser inesperadamente considerados chocantes quando o utilizador não está realmente à procura deles. Isto vai para além dos resultados da Pesquisa Segura implementados pela Google no passado.
  • O Bing está a testar um snippet da Wikipédia no canto superior esquerdo do SERP. Quando se pesquisa algo no Bing que também é um artigo na Wikipédia, este é ativado. Acho que parece desleixado, acho que o Bing está à procura de novas funcionalidades ainda não utilizadas pelo Google.

Redireccionamentos no mapa do site XML

Interessante para os especialistas em SEO que trabalham na migração de um sítio Web: O Google indica que é uma boa ideia manter os URLs curtos no mapa do site XML depois de obterem um redireccionamento. Lembrar-se de os remover ajudará o Google a detetar os redireccionamentos mais rapidamente. John Mueller indica: manter os redireccionamentos nos sitemaps durante cerca de 1 a 3 meses.

Para URLs que permanecem estáveis no sítio Web (que mudam com menos frequência), é interessante mantê-los no mapa do sítio XML para o canónico. Desta forma, indica explicitamente ao Google que pretende que esses URLs sejam indexados. Para URLs que mudam, é interessante fazer isso para que o Google os descubra um pouco mais rápido. Ver abaixo a correspondência com John Mueller.

Encerramento

Esta foi a atualização SEO de 1 de abril de 2022. Espero que tenham achado interessante e que tenham aprendido alguma coisa com os vossos próprios clientes. Boa sorte.

Senior SEO-specialist

Ralf van Veen

Senior SEO-specialist
Five stars
Obtenho um 5.0 no Google em 75 revisões

Há 10 anos que trabalho como especialista independente em SEO para empresas (nos Países Baixos e no estrangeiro) que pretendem obter uma classificação mais elevada no Google de uma forma sustentável. Durante este período, prestei consultoria a marcas de renome, criei campanhas internacionais de SEO em grande escala e orientei equipas de desenvolvimento globais sobre otimização de motores de busca.

Com esta vasta experiência em SEO, desenvolvi o curso de SEO e ajudei centenas de empresas a melhorar a sua capacidade de serem encontradas no Google de uma forma sustentável e transparente. Para isso, pode consultar o meu portefólio, referências e colaborações.

Este artigo foi originalmente publicado em 11 Abril 2024. A última atualização deste artigo foi em 11 Abril 2024. O conteúdo desta página foi escrito e aprovado por Ralf van Veen. Saiba mais sobre a criação dos meus artigos nas minhas directrizes editoriais.